terça-feira, 22 de maio de 2012

Para Ler: Tem Alguém Aí? - Marian Keyes

Anna Walsh é um desastre ambulante. Ferida fisicamente e emocionalmente destruída, ela passa os dias deitada no sofá da casa de seus pais em Dublin com uma ideia fixa na cabeça: voltar para Nova York.
Nova York é onde estão seus melhores amigos, é onde fica o Melhor Emprego do Mundo®, que lhe dá acesso a uma quantidade estonteante de produtos de beleza, mas também, e acima de tudo, é a cidade que representa Aidan, seu marido.
Só que nada na vida dela é simples...
Sua volta para Manhattan se torna complicada não só por conta de suas cicatrizes físicas e emocionais, mas também porque Aidan parece ter desaparecido.
Será que é hora de Anna tocar sua vida pra frente? Será que ela vai conseguir (tocar a gente sabe que sim; o negócio é pra frente)?
Uma série de desencontros, uma revelação estarrecedora, dois recém-nascidos e um casamento muito esquisito talvez ajudem Anna a encontrar algumas respostas. E talvez transformem sua vida... para sempre.
Opinião de leitora: Mais um livro que envolve a família Walsh, já comentei com vocês que essa é uma família criada pela Marian. São cinco irmãs - malucas - e seus pais - também malucos - que vivem uma vida agitada - e maluca! Esse é o quarto livro sobre uma das irmãs e, sinceramente? Na minha opinião é o livro mais triste que a Marian já escreveu.


Trechos do Livro

"Pelo que eu entendi, a ocupante anterior do cargo teve que "ir para o Arizona" (gíria nova-iorquina que significa "ir para o centro de reabilitação")."


"Há alguns anos, quando morava em Nova York, ela desenvolveu uma quedinha pela caspa do diabo (cocaína)."

"Ela veio andando até minha mesa com seu jeito estudei-em-escola-particular-na-Europa. Balançava com graça os cabelos pesados, sedosos e naturais que fazem parte do pacote das pessoas ricas, saudáveis e privilegiadas."


"- Qualquer mulher da nossa idade adoraria a ideia de se casar com alguém, mesmo que fosse um anão com três olhos e cabelo no nariz..."


"Quando meus avós morreram eu era criança ou não me importava o suficiente com esses assuntos para me perguntar se eles tinham mesmo ido para o céu (ou para o inferno - vovó Maguire era uma fortíssima candidata às profundezas)."


"Eu preferiria saber que meu marido morreu, em vez de descobrir que ele me chifrava. Bem, é claro que se algum homem me chifrasse eu o mataria, então ia dar no mesmo."

"Não era possível ela estar chorando. Era praticamente proibido uma patricinha branca de origem anglo-saxônica, americana pura e milionária demonstrar emoções."


"Ela estava de terninho amarelo-canário. Amarelo. Canário. Com penas. Ela parecia o pássaro Garibaldo, da Vila Sésamo."

"A mulher miúda que me recebeu à porta tinha um metro e dez de altura, mais ou menos, e era velha, muito velha, cento e sete anos no mínimo."


Para ouvir durante a leitura:
The Pretty Reckless - You
 
Comprei esse livro no mesmo site de sempre: Americanas. Mas - como sempre - o produto esgotou! Acho isso chato porque nesse site os livros estão a preço de banana, e tenho outra notícia péssima: Não encontrei o link pra download do livro. Se alguma de vocês encontrarem, peço por favor me mandem pelos comentários! Enfim... Vou deixar para vocês o link de compra no site do Ricardo Eletro. Vocês vão amar esse livro!
 
Comprar no Ricardo Eletro


Confira outros livros de Marian Keyes: Melancia, Sushi, Férias!, Casório?!, É Agora... Ou Nunca, Los Angeles, Um Bestseller pra Chamar de Meu, Cheio de Charme e A Estrela Mais Brilhante do Céu

3 comentários:

  1. Oiie amei o blogger....
    Já to seguindo!!
    Beijoos *-*

    http://garotaindoemfrente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. olá achei seu blog fuçando na net e adorei é muito lindo parabéns..
    Olha esse link achei no 4shared tem vários livros da marian inclusive o tem alguem ai espero que sirva pra mais algúem
    Att
    http://www.4shared.com/folder/7dmmGMDK/_online.html

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...