quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Paranóia


Aqui estamos nós, contando estrelas através da escuridão noturna; você não entende o que eu quero dizer. Aqui estamos nós, procurando ter vantagens um sobre o outro; e eu não vejo a hora de chegar em casa. Só para mim, você fecha os olhos e continua mentindo livremente; tem perigo nos seus olhos, e eu tento correr atrás da razão. Lá fora chove, o barulho machuca, e você foge do mundo; só para mim. Estou aqui, procurando o relógio que me hipnotiza com um tic; mais tarde não precisarei do seu abraço. Estou aqui, vendo o resto da vida acabar com o meu eu; pelo menos não preciso mentir. É para mim, que você grita quando a noite resolve ir embora. Ligue o carro, fique em silêncio, apenas leve-me para casa. E se eu quiser fugir, de tudo o que você faz... essa serei eu. Apenas eu. Não vai entender, como vou viver daqui pra frente. Você engana o mundo que lá no fundo, te conhece bem. E serei apenas eu, quem vai viver na mentira que você acredita, é tudo culpa do que me faz ficar, e quando você mente... finge que está tudo bem! Se eu quiser fingir a verdade, será tudo culpa do que te faz acreditar.

4 comentários:

  1. Belo texto *-*

    "E se eu quiser fugir, de tudo o que você faz... essa serei eu. Apenas eu."

    ResponderExcluir
  2. Não gostei muito, mas... obrigada! =)

    ResponderExcluir
  3. "Aqui estamos nós, procurando ter vantagens um sobre o outro; e eu não vejo a hora de chegar em casa."

    eu precio de mais o que se tenho você ?!
    ameeeeeeeeeeeeeei s2

    p.s.: ainda tenho falta da minha historia - Amarga Lembrança ; hihi

    ResponderExcluir
  4. Voltarei a posstar logo logo amor! Obrigada pela visita =)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...