sábado, 18 de agosto de 2012

Amanhã


Descobri recentemente, que a escrita me permite chegar a lugares onde jamais me imaginei. Escondida no quarto com os fones de ouvido no último volume, fecho os olhos e de uma hora para outra me vejo nos cantos mais iluminados da cidade.

Minhas próprias palavras somadas à minha imaginação  me levaram a realizar sonhos que ainda pretendo realizar fisicamente, e dia desses eu dei meu primeiro passo.

Por ter dezessete anos, o que vou dizer agora pode parecer uma tremenda bobagem, mas a verdade é que tenho medo de envelhecer. Nunca me imaginei (e nem quero) com um péssimo humor e saudade de tudo o que não vivi. Minha adolescência foi e está sendo a melhor época da minha vida. Sei que com o tempo, provavelmente vou passar a gostar de outras coisas, mas que o destino me permita guardar para sempre, os momentos que vivi com felicidade e inocência.

Quero escrever tudo o que vejo, vivo e sinto. Quero deixar gravado para lembrar a mim mesma que a felicidade existe. Quero me encantar todas as vezes que abrir uma revista adolescente, independente da idade que eu tenha. Quero ver graça nas cores e nas dicas de paquera para as baladas do sábado a noite, mesmo quando eu estiver velha demais para dançar sem sentir dor na coluna.

Quero escrever para as novas gerações, porque ainda que minha aparência envelheça, minha alma será jovem eternamente.

O problema é não poder fazer isso sem sacrifícios. Minha vontade é de pular as etapas e chegar logo ao meu destino, mas pensando bem, quanto mais a frente eu estiver, é sinal de que mais próxima a velhice está, e antes disso eu preciso aprender a manter meu interior sempre doce e aquecido.

Como em toda história, a minha também tem uma moral: Eu preciso me assustar durante a trajetória, preciso sentir o medo na pele, e mostrar que ele não é maior que meus sonhos. É aí que vale a pena viver os benefícios futuros.

Quando não enfrentamos o presente por medo, é porque nosso futuro será fácil e indiferente, com uma rotina cansativa e sem vida. Nesses casos o melhor é nem sonhar; porque o verdade sonhador é o que realiza, independente dos obstáculos durante o caminho.

24 comentários:


  1. Oii ,, tudo bem amigaa ?
    Ameii a postagem lindaa ,, cada dia que passa seu blog fica mais lindo *..*
    Como hoje começa o final de semana ai decidi vim fazer uma visitinha e desejar um otímo final de semana :33

    Há tem postagem nova lá no meu bloguinho dá uma passada por lá pra vose ver ! ,, aa e ainda está rolando o sorteio no meu blog junto com a empresa Santa Calcinha se ainda num participo dá tempo para participa >,<

    2beijos querida , e aguardo tua visita em meu blog ;**

    party-fucking.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Belo pensamento! eu tbm acho a adolescencia a melhor parte da vida ( eu to nela tbm) pena q passa taaao rapido! ; (
    gosta de rock? entao acessa rockdeverdadeeatitude.blogspot.com/ comenta e se gostar siga!Bjs

    ResponderExcluir
  3. Muito lindo seu blog, tá rolando sorteio no meu, convido vc e suas leitoras a acessar e participar, www.libpink.blogspot.com beijos e boa sorte!
    Lib.

    ResponderExcluir
  4. Eu amo textos assim, sempre me fazem ter vontade de voltar a escrever!
    Adorei te blog

    Visite meu blog e caso goste, siga-o, será um prazer tê-la por lá.

    espacoglam.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, já te visitei, lindo seu blog :)

      Excluir
  5. Mto lindo. Estou seguindo aqui :*

    http://mulheresjuntas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, July. Tô seguindo você também :)

      Excluir
  6. Somos adolescentes e por justamente isso devemos aproveitar essa fase maravilhosa da nossa vida. Adorei! :)

    http://www.blogmundodamoda.com/

    ResponderExcluir
  7. eeeu tabem tenho medo de envelhecer.. ja estou com 18 :/

    eeeeeeeeeu acheei linds essa partee nhaai
    Quero escrever tudo o que vejo, vivo e sinto. Quero deixar gravado para lembrar a mim mesma que a felicidade existe. Quero me encantar todas as vezes que abrir uma revista adolescente, independente da idade que eu tenha. Quero ver graça nas cores e nas dicas de paquera para as baladas do sábado a noite, mesmo quando eu estiver velha demais para dançar sem sentir dor na coluna.

    paraaaaaaabens aamore, s2
    http://blahoestraich.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lisi. Amo comentários assim, você é uma fofa <3

      Excluir
  8. amei o texto! e um monte de pessoas tem medo de envelhecer, mas todo mundo envelhece e quando chegar essa hora, vaiocê já vai ter outra mentalidade, vai pensar diferente e vai ver que ficar velho não é um bicho de sete cabeças!
    candyces.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Adorei o blog, muito lindo, amei tudo. Parabéns mesmo, vou sempre estar aqui (:

    ontendency.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, espero mesmo. Fique a vontade pra comentar ;)

      Excluir
  10. Muito bom o texto você escreve muito bem ((:

    http://ohcherries.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, flor. Já eu, acho que tô perdendo o jeito :(

      Excluir
  11. Acredito que todo adolecente sente isso Aproveite muito essa fase gostosa, mas saiba que o q está por vir será muito melhor, apesar dos problemas serem maiores. A gnt nunca fica velho o suficiente. A não ser que a gnt queira!
    Bjos,
    Thá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Tha. O que não pode envelhecer é a alma, né? :)

      Excluir
  12. Escrever é mesmo muito bom.
    Eu me divirto lendo minhas agendas antigas e percebendo como eu mudei!

    http://4demarco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Káren! Se eu encontrar alguma agenda velha vou parar para ler, deve ser muito curioso e interessante :P

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...