quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Corra para o Amor


Ninguém nunca disse que seria fácil se desacostumar dele, ninguém nunca disse que você aguentaria a barra se as coisas se rompessem assim do nada. Dar às costas ao que um dia lhe serviu de consolo e foi o real motivo do seu sorriso, com certeza não vai te afastar da verdade. É quase impossível fingir que nada aconteceu, e agir como se isso não te afetasse, você sabe. O céu pode estar escuro, mas nele tem estrelas que brilham tanto quanto sua esperança, só não sabemos ainda se isso basta!
Talvez esse não seja o fim, mas se for você precisa continuar respirando, seu coração precisa continuar batendo, o relógio vai continuar correndo, sem sua permissão. E você não tem escolha, porque antes já viveu sem ele, porque antes já sofreu por outros, e porque antes conseguiu se recuperar mesmo fraca... Enxergando em si mesma a vontade de recuar, a vontade de olhar para trás e voltar para o zero.
Dessa vez você não vai acrescentar lamentos à sua história de amor defeituosa, afinal de contas qual romance não tem um bicho papão? Dessa vez você não vai escrever no seu diário aquele clichê: “Mas poderia ter sido diferente se...”, para que servem as hipóteses agora? Não foi como você queria, foi do jeito que foi, e foi real, cabe a você costurar o coração aos poucos, enquanto decide se valeu ou não a pena!
Você não vai conseguir fugir para sempre, se esqueceu de que ele sempre te alcança com passos largos enquanto você corre? Você não vai poder se esconder por muito tempo, ele te conhece o suficiente para te encontrar em qualquer lugar. E não era você quem dizia que o intermediário não parece o bastante? Juntar esperanças sem saber se deve esperar algo bom ou ruim, aguardando até que a bomba estoure para o lado oposto, sem ter certeza de que isso vai realmente acontecer. Isso não lhe parece familiar?
Escolha seu ponto fixo, encontre-o ou deixe que te encontre, para juntarem as mãos novamente, ou seguirem caminhos distintos de uma vez por todas. Antes uma resposta permanente e duradoura, do que a incerteza e a esperança sem fins lucrativos para ambas as partes. Corra para o amor, seja o seu amor por ele, ou o seu amor próprio!

4 comentários:

  1. Seus posts lindos como sempre, é muito bom correr para o amor, principalmente o amor próprio.
    http://plumasepaets.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá querida!!!

    Venho convidar, para mais um SORTEIO no meu blog, será de BRIGADEIROS GOURMET...

    Espero você lá!!!

    LINK: http://tatidesignercake.blogspot.com/2011/10/sorteio-brigadeiro-gourmet.html


    www.tatidesignercake.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. "Corra para o amor, seja o seu amor por ele, ou o seu amor próprio!" Pois é, se o amor por ele fere seu amor próprio a escolha já esta mais do que feita, pelo menos na minha opinião.
    Lindo texto *-* Estava com saudades daqui .. apesar de nunca ter deixado totalmente \z kk

    ResponderExcluir
  4. Obrigada meninas! É sempre bom vê-las por aqui :)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...