domingo, 3 de outubro de 2010

With You! (October 3th)

Desde sempre a maturidade excessiva não é algo que me agrada, por mais que eu tenha sido precoce demais. Porque eu sei como é bom ser criança as vezes, como é bom fazer loucuras impensáveis, realizar sonhos aparentemente impossíveis, e anos depois dar risada de tudo aquilo.
Me desculpe se quase sempre eu não paro de sorrir, eu só preciso te mostrar que ainda com problemas a vida pode ser engraçada; eu tento te fazer sentir a felicidade que não exige motivos para existir, te fazer entender que é impossível ser feliz sem sentimento, sem amor.
Desde sempre eu procuro o lado positivo de todas as coisas, porque sem isso eu seria ainda mais chorona e problemática. Mas quando você aparece eu não preciso procurar, você é a luz que me guia no escuro, a resposta das perguntas, você é o meu melhor vício, meu problema mais lindo que eu não quero resolver. Porque você consegue tirar de mim um misto de sensações, que eu nunca havia tido; você me faz sorrir quando volta de repente, você me mostra a mágoa do ciúme quando está tudo bem, e ainda com essa dor chatinha, você me dá brechas pra uma piada sem graça; então eu volto a sorrir. Você me faz sentir alegria, me faz te amar ainda mais, me ensina coisas idiotas e mostra que meu oxigênio tem seu nome e seu endereço. Tudo isso ao mesmo tempo, do mesmo jeito.

"Sem você meu corpo não reflete mais no espelho, minha casa cai, sem você eu perco o chão. Então me aceite como eu sou, não me peça pra mudar, essas manias que voce ja perdoôu."

4 comentários:

  1. Perfeito.!!

    beijos

    serpormim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não sei se é a TPM qe ta me deixando mais chorona, mas chorei com esse começo, perfeito .. descritível :')

    "Desde sempre a maturidade excessiva não é algo que me agrada, por mais que eu tenha sido precoce demais. Porque eu sei como é bom ser criança as vezes, como é bom fazer loucuras impensáveis, realizar sonhos aparentemente impossíveis, e anos depois dar risada de tudo aquilo.
    Me desculpe se quase sempre eu não paro de sorrir, eu só preciso te mostrar que ainda com problemas a vida pode ser engraçada; eu tento te fazer sentir a felicidade que não exige motivos para existir, te fazer entender que é impossível ser feliz sem sentimento, sem amor."

    ResponderExcluir
  3. AAAAAH, fico tão feliz quando leio isso *-* Obrigada!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...