domingo, 8 de agosto de 2010

Não Se Atreva


Manhã de domingo, ventania cruel nesse inverno sem fim, minha xícara com chá na sacada. Onde está você garoto com coração de pedra? Para onde foram as suas armadilhas de amor? Eu te procuro com o olhar perdido, eu te encontro sem ouvir os batimentos se acelerarem, eu te chamo sem emoção, e meus olhos fervem querendo mais de você, tudo de você! Não se atreva, não se manifeste, não se adiante; você provavelmente se lembra daquela semana de lágrimas, você deve saber o que eu senti, e eu te trouxe aqui para provar um pouco de mim. Meus olhos fervem te pedindo ainda mais, mantenha-se calmo; você não terá uma xícara de chá quente para aquecer seu coração, depois que eu congelá-lo como fez comigo naquela maldita semana fria. Sinta-se privilegiado caro amigo, deixei meu egoísmo de lado, e divido agora com você toda a amargura que causou em mim, divido com você cada gota de sangue que jorrar do meu interior! Eu quero mais de você, tudo de você.

2 comentários:

  1. nossa , qe má :O ' rs'
    ameei bebezinha *-* '

    ResponderExcluir
  2. Acordei malvada hoje hein? HAHA, que bom que gostou :)

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...